Sentença de Robinho por estupro é confirmada na Justiça italiana, que fala em “particular desprezo pela vítima”
10/03/2021 10:10 em Crime

 

A Justiça italiana revelou nesta terça-feira (9) o teor da condenação do jogador brasileiro Robinho, 37, a nove anos de prisão pelo crime de estupro coletivo cometido numa boate de Milão, em 2013, quando atuava pelo Milan.

A confirmação da sentença foi feita pela Corte de Apelação de Milão, a segunda instância da Justiça local, em dezembro do ano passado. Após análise de mensagens enviadas pelo jogador à vítima, a pena foi mantida com base no “particular desprezo em relação à vítima, que foi brutalmente humilhada”, segundo os juízes do caso.

A defesa de Robinho ainda tem 45 dias para apresentar recurso à terceira e última instância da Justiça italiana, a Corte de Cassação. Na época de sua primeira condenação, em 2017, a Itália afirmou que não pedirá a extradição do jogador até que todas as instâncias sejam esgotadas. Atualmente, o atacante está sem clube.

fonte: EL País

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE