Serviços e turismo devem crescer em 2023, mas alta tende a ser tímida.
16/01/2023 08:42 em Economia

Essa é a avaliação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a CNC.

Apesar do aperto nas finanças das famílias e do menor nível de atividade econômica esperados para este ano, a entidade projeta alta de 1,6% no volume de receitas do setor de serviços.

Especificamente para o ramo do turismo, que é um dos segmentos do setor de serviços, o aumento projetado é de 2,9% - essa alta vem, principalmente, segundo a CNC, porque o turismo deve se beneficiar este ano de uma demanda reprimida dos últimos anos – como a gente sabe, o turismo foi bastante impactado pela pandemia.

Um ponto favorável é a maior quantidade de feriados e pontos facultativos prolongados que tem esse ano, em relação ao ano passado. Nacionais, são 9 e ainda tem uma infinidade de comemorações regionais Brasil a fora.

Neste momento, a principal trava do crescimento do turismo é o preço das passagens aéreas, que fechou 2022 com alta de 23,5%.

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE