Anvisa solicita informações sobre dose de reforço ao Ministério da Saúde
18/11/2021 17:30 em Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pediu informações ao Ministério da Saúde sobre os elementos técnicos que embasaram a decisão de aplicar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em toda a população adulta. O órgão afirmou que a solicitação tem como objetivo apoiar melhores ações de monitoramento e farmacovigilância do novo esquema vacinal adotado no país. “Os esclarecimentos solicitados são necessários sob o ponto de vista sanitário, especialmente no que se refere ao monitoramento do uso dos novos esquemas vacinais no Brasil”, disse a Anvisa em nota. Na última terça, o Ministério da Saúde anunciou a aplicação da terceira dose da vacina em toda a população acima de 18 anos. A decisão ocorreu sem consulta à Anvisa. Anteriormente, a dose de reforço era aplicada apenas em idosos, imunossuprimidos e profissionais da saúde.

A Anvisa declarou que os dados disponíveis até o momento sugerem diminuição da imunidade em algumas populações, ainda que totalmente vacinadas, e disse que vem acompanhando as decisões de outros países sobre a vacinação de reforço. A Agência ressaltou que estudos de efetividade realizados pela Fiocruz também apontam para a necessidade da terceira dose. “O aprendizado gerado no enfrentamento e no controle da pandemia mostrou que a disponibilização de doses de reforço das vacinas é importante para a manutenção da proteção contra a Covid-19, e que deve ser avaliada considerando a relação dos benefícios versus os riscos individuais, especialmente para as pessoas que trabalham ou vivem em ambientes de alto risco de infecção, os idosos e os imunocomprometidos”, afirmou.

via: Jovem Pan

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE