Messi se diz surpreso com recepção no PSG e fala em sede de continuar ganhando
11/08/2021 12:43 em Esportes

Um dos maiores craques da história do futebol, o argentino Lionel Messi foi apresentado pelo Paris Saint-Germain, no auditório do Parc des Princes em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (11). O craque e a família chegaram ao local pouco após às 6 horas (11 horas em Paris) e o presidente do PSG Nasser Al-Khelaïfi iniciou a apresentação e agradeceu ao atleta. 

Al-Khelaïfi classificou o momento como "histórico" para o clube. Messi revelou que está com sede de entrar em campo novamente, mas não sabe ao certo quando isso irá acontecer. 

O craque se revelou surpreso com recepção no PSG e falou sobre sua vontade de continuar jogando e ganhando títulos – agora pelo novo time. Ele ainda revelou que sair do Barcelona foi uma decisão difícil. "Sair do Barcelona foi uma decisão difícil, passei anos no clube e a mudança foi dificil. Chegar aqui nos traz muita felicidade. Estou me adaptando muito rápido. Estou aproveitando o dia de hoje com a minha família. Quero treinar com meus companheiros e começar essa nova etapa da minha vida", disse Messi.

Messi se despediu do Barcelona no último domingo (8) – após 20 anos jogando com a camisa do time. Na despedida, ele chorou e revelou que tomar a decisão de deixar o Barcelona foi "muito difícil". Messi usará a camisa de número 30 no PSG – no Barcelona, o craque usava a camisa 10, que no clube francês pertence a Neymar.

"É um sonho, na verdade. Estou animado para começar a treinar e competir. Vou jogar com os melhores e acho que vou gostar bastante", disse o jogador durante sua apresentação. Ao chegar em Paris nesta terça-feira (10), o argentino foi recebido por milhares de fãs que o aguardavam na porta do clube. 

Ao falar do PSG, o craque afirmou que o clube é "ambicioso". "Tenho certeza que estamos preparados para chegar no nosso melhor. Quero continuar ganhando títulos. Espero que juntos cheguemos lá. Minha chegada aqui foi uma loucura. Se me faltava alguma coisa para ser feliz, já consegui. Vamos lutar juntos mais uma vez", disse.

 

No final da coletiva, Messi segurou a camisa que irá usar no clube e posou para fotos ao lado de Al-Khelaïfi e do brasileiro Leonardo, diretor esportivo do clube. 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE