Com dores abdominais, Bolsonaro faz exames em hospital e cancela reuniões da manhã
14/07/2021 10:50 em Política
O presidente Jair Bolsonaro sentiu dores abdominais na madrugada desta quarta-feira (14) e foi para o Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília, para fazer exames. Com isso, as reuniões de Bolsonaro nesta manhã foram canceladas.
O presidente vinha se queixando nos últimos dias de soluços persistentes. Ele chegou a falar sobre o problema em transmissões ao vivo na internet.
Bolsonaro também sofre há algum tempo de refluxo, segundo seus médicos. De acordo com o médico Flavio Quilici, professor de gastrenterologia da PUC Campinas, refluxo pode ser um causador de soluços.
Uma nota oficial do Palácio do Planalto informou que Bolsonaro foi ao hospital investigar a causa dos soluços. A nota diz ainda que ele deverá ficar sob observação por um período de 24h a 48h, não necessariamente no hospital. O texto afirma que Bolsonaro passa bem e está animado.
Nota do Planalto
Veja a íntegra da nota divulgada pelo Palácio do Planalto:
O Presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços.
Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem.
Secretaria Especial de Comunicação Social
Secom/MCom
COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE